Fone(99) 3525-1636

ZAP(99) 99168-5235

Universidade brasileira iniciará testes de vacina contra HIV

A Universidade está trabalhando no estudo Mosaico para trazer os testes ao Brasil, em parceria com centros de pesquisa de vários países pelo mundo

Um estudo que pode salvar vidas está sendo aderido para testes no Brasil: se trata do processo de testagem de uma vacina que poderia combater o vírus HIV, causador da Aids.

A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) está trabalhando no estudo chamado Mosaico para trazer os testes ao Brasil, em parceria com centros de pesquisa de vários países pelo mundo. O imunizante seria capaz de alterar o organismo humano em combate às infecções do vírus.

O Mosaico é um processo que irá analisar duas vacinas que tem a função de combater as variadas formas do HIV: uma delas possui o chamado vetor viral e outra de proteína.

De acordo com as palavras do professor responsável pelos testes em Minas Gerais, Jorge Andrade Pinto (da Faculdade de Medicina Jorge Andrade Pinto, coordenador do Grupo de Pesquisa em HIV/Aids em Crianças, Adolescentes e Gestantes), a pesquisa está na fase três. Em vídeo publicado pela página da universidade, o professor ainda aponta que há algumas perguntas a serem feitas sobre o estudo.

“A vacina nessa população é segura? Há algum desconforto ou reação adversa? A vacina é capaz de produzir uma resposta imune, efetiva e protetora contra o HIV? E por último se essa vacina é, portanto, capaz de prevenir infecção na população vacinada?”, pontua o professor.

As pessoas que receberão o imunizante em fase de teste não saberá qual dos dois imunizantes analisados está sendo inserido, sendo chamado estudo duplo cego.

®SISTEMA NATIVA DE COMUNICAÇÃO

© 2009-2020 RÁDIO NATIVA FM 99,5 - Todos Direitos Reservados. IMPERATRIZ-MA

((designer by AEHER))