Fone(99) 3525-1636

ZAP(99) 99168-5235

Imperatriz: Casa da Gestante acolhe mães e cuida de bebês em risco

Um local para acolher as gestantes e cuidar de bebês em situação de risco. Essa é uma das principais missões da Casa de Gestante de Imperatriz, inaugurada há pouco mais de quatro anos pelo Governo do Maranhão.

O local recebe gestantes e parturientes que não teriam onde ficar enquanto aguardam o parto ou que seus bebês recebam alta médica.

As mulheres ganham auxílio médico, com acompanhamento de uma equipe multidisciplinar, que oferece planejamento familiar e apoio às gestantes, recém-nascidos e puérperas (mulheres com filhos recém-nascidos) em situação de risco.

Além de acolhimento e orientação, as gestantes e puérperas têm hospedagem e alimentação garantida. Toda a parte social e psicológica também é trabalhada na unidade.

A residência provisória de cuidado visa reduzir a mortalidade materna, sendo voltada para pacientes que necessitem de vigilância diferenciada sem que seja necessária a internação.

Facilidade

No espaço, as pacientes contam com uma estrutura a 200 metros de distância do Hospital Materno Infantil de Imperatriz, o que facilita o contato entre mães e bebês.

No ano de 2016, de acordo com estatísticas da Casa, a taxa de ocupação era de 401 pessoas. Em 2017, esse número chegou a 443. Nesses dois anos, eram atendidas somente pacientes mães provenientes de UTI. Em 2018, a unidade passou a receber gestantes, puérperas e recém-nascidos, com a taxa de ocupação de 1.587. No ano passado, o registro foi de 2.230 ocupações.

A Casa da Gestante tem 40 leitos disponíveis, que recebem tanto pacientes de Imperatriz quanto de toda a região.

®SISTEMA NATIVA DE COMUNICAÇÃO

© 2009-2020 RÁDIO NATIVA FM 99,5 - Todos Direitos Reservados. IMPERATRIZ-MA

((designer by AEHER))