Fone(99) 3525-1636

ZAP(99) 99168-5235

COVID-19: Decreto traz novas medidas de flexibilização

Mudanças consideram diminuição dos casos de Covid-19 no município e o aumento em 90% dos números de recuperados

Em atividades que reúnam pessoas, a lotação passa a ser de 60% da capacidade máxima dos locais, de acordo com o que está previsto no Alvará́́ de proteção e prevenção contra incêndio ou documento similar. A alteração é uma decisão do Decreto nº 82, que dispõe sobre cultos, cinema, bares, comércio, funcionamento de diversos estabelecimentos e dá outras providências.

Está permitida a realização de formaturas, bailes, casamentos, aniversários e a contratação de bandas, DJ´s e demais artistas em casas de eventos. Nestas ocasiões, não está permitida a utilização de pistas de dança e o estabelecimento deverá respeitar a distância mínima de 2 metros entre as mesas. Ficam proibidas as interações físicas entre público e banda ou artista, assim como o compartilhamento de instrumentos musicais.

As instituições de ensino superior e de cursos técnicos ou profissionalizantes estão autorizadas a retomar suas atividades presenciais, com decisão que fica a cargo dos colegiados desses estabelecimentos. Devem ser observadas as medidas de segurança dos decretos, protocolos do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado do Maranhão e Portaria nº 544 do Ministério da Educação.

De acordo com o secretário de governo, Eduardo Soares, a mudança considera a diminuição de casos do Novo Coronavírus, Covid-19, no município e também o aumento em 90% dos números de recuperados. “Ressaltamos que a prioridade da Prefeitura é a retomada das atividades econômicas, que geram renda para muitas famílias. A flexibilização é de ordem econômica, cultural e social”, explica.

Decreto permite ainda o funcionamento de parques aquáticos, balneários, clubes recreativos e piscinas públicas. O período de veraneio também está autorizado de 15 de agosto a 15 de setembro. Será obrigatório o uso de máscaras pelos funcionários dos estabelecimentos comerciais e pelo banhista ao se locomover na praia, sendo permitida a retirada apenas ao sentar-se à mesa ou durante o banho.

Importante ressaltar que os grupos de riscos e crianças menores de seis anos de idade não estão autorizados a frequentar a praia, assim como está proibido o acesso de animais de estimação ao local. “As flexibilizações são graduais e possuem como fator principal a retomada das atividades econômicas. Os empreendedores do lazer precisam retomar suas atividades de sustento”, completa o secretário.

O período de veraneio também está autorizado ocorrer durante 15 de agosto a 15 de setembro.

Foto: Patrícia Araújo
Publicado por Ariel Rocha

®SISTEMA NATIVA DE COMUNICAÇÃO

© 2009-2020 RÁDIO NATIVA FM 99,5 - Todos Direitos Reservados. IMPERATRIZ-MA

((designer by AEHER))