Fone(99) 3525-1636

ZAP(99) 99168-5235

Governador ainda vê com preocupação as aglomerações no estado

O governador afirmou que ainda vê com preocupação as aglomerações registradas nas regiões de comércio no estado.

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) afirmou que “avanços positivos” estão permitindo a reabertura gradual do comércio e, com isso, a consequente flexibilização do isolamento social no estado.

De acordo com o governador, um dos avanços positivos é a queda na taxa de letalidade nos municípios da Grande Ilha de São Luís, quando comparado os números dos primeiros dias do mês de junho com o de maio e a ampliação no número de leitos vagos nas unidades hospitalares.

Dino explicou que continua vendo com preocupação as aglomerações registradas em áreas de comércio popular no estado, mas afirma que o governo tem intensificado as ações de fiscalização para que as normas de distanciamento social e sanitárias sejam cumpridas pela população e pelos comerciantes.

“Se nós compararmos os primeiros dias de junho com os primeiros dias de maio na Ilha de São Luís, temos uma queda da letalidade pela metade e temos a ampliação de leitos vagos nas unidades hospitalares. Ou seja, nós estamos comparando tudo isso, vemos como imperativo o cumprimento das normas sanitárias, mas estamos identificando alguns aspectos positivos, que são relevantes para a gente compreender o momento em que estamos vivendo, em que não vencemos ainda a pandemia, mas temos avanços que podem permitir no momento a abertura das atividades privadas, porém de modo gradual e sempre observando o cumprimento das normas sanitárias”, disse.

Governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), concedeu entrevista ao JMTV 1ª edição nesta quarta-feira (10). — Foto: Reprodução/TV Mirante
Governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), concedeu entrevista ao JMTV 1ª edição nesta quarta-feira (10). — Foto: Reprodução/TV Mirante

MUDANÇAS: Serviços afetados pelo coronavírus no Maranhão
O QUE FAZER: Para onde ir, caso apareçam os sintomas
DÚVIDAS: Veja mais de 40 perguntas e respostas
GUIA ILUSTRADO: Conheça mais sobre o Covid-19
Em relação ao crescimento de casos em cidades do interior do Maranhão, Dino explicou que o crescimento no número de testes para a Covid-19 tem contribuído para o aumento nos números. Para o governador, as regiões estão enfrentando diferentes curvas de infecção, mas afirmou que o estado segue acompanha a situação junto com as prefeituras.

“Temos hoje curvas diferentes no estado, por exemplo a Ilha de São Luís tem uma tendência de queda no número de casos e no caso de outras regiões do Maranhão há situações bastante diferentes. Nós temos desde cidades que nesse momento não tem nenhum caso ativo e temos cidades que tem uma trajetória maior. Nós estamos acompanhando a ação dos prefeitos e reforçando a rede assistencial do governo do estado”, explicou.

Coronavírus no Maranhão
O último boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) na terça-feira (9), o Maranhão chegou a 52.069 casos confirmados de Covid-19, 1.285 óbitos e a 25.120 curados pela doença no estado.

Em 24 horas, foram registrados 2.698 casos do novo coronavírus no estado. Dos casos novos, 313 foram na Ilha de São Luís (São Luís, Raposa, Paço do Lumiar e São José de Ribamar), 48 em Imperatriz e 2.337 em outros municípios.

Ficar em casa

Ficar em casa é importante porque, segundo as autoridades de saúde, é a única maneira mais eficaz no momento para frear o aumento repentino no número de casos, o que poderia causar um colapso no sistema de saúde pela falta de leitos e de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Um colapso causaria a diminuição drástica da capacidade do sistema de saúde em cuidar dos pacientes, o que aumenta a chance de óbitos por Covid-19 e também por outras doenças.

Cuidados

Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.

G1-Ma

®SISTEMA NATIVA DE COMUNICAÇÃO

© 2009-2020 RÁDIO NATIVA FM 99,5 - Todos Direitos Reservados. IMPERATRIZ-MA

((designer by AEHER))