Fone(99) 3525-1636

ZAP(99) 99168-5235

AGORA É OFICIAL: Ex-juiz Sergio Moro anuncia demissão do Ministério da Justiça

Na quinta-feira (23), Bolsonaro avisou a Moro que pretendia trocar o comando da PF.

Durante um pronunciamento à imprensa nesta sexta-feira (24), o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, anunciou oficialmente a própria demissão. O anúncio será feito às 11h.

Moro anunciou a saída após o presidente Jair Bolsonaro exonerar o chefe da Polícia Federal, Maurício Valeixo, escolhido pelo próprio Moro para o comando da PF. A decisão informando a demissão de Valeixo foi publicada hoje no Diário Oficial da União.

O ex-juiz federal deixa o cargo após um ano e quatro meses no primeiro escalão do governo do presidente Bolsonaro.

Não tenho nenhum problema, mas eu preciso de uma causa relacionada a uma insuficiência de desempenho, erro grave […] No geral, é um trabalho bem feito. Várias dessas operações importantes, de combate ao crime organizado e a corrupção, […] o trabalho vinha sendo feito.

Disse Moro durante o pronunciamento
Sérgio Moro afirmou também que disse ao presidente que não era contra a troca do comando na PF, desde que lhe fosse apresentada uma razão para isso.

O presidente me disse que queria colocar uma pessoa dele, que ele pudesse colher informações, relatórios de inteligência. Realmente, não é papel da PF prestar esse tipo de informação

Disse Moro
O ex-ministro afirmou ainda que não assinou a exoneração de Valeixo, nem o diretor-geral pediu para sair, como consta no “Diário Oficial”. O documento contém a assinatura de Sérgio Moro e a informação de que Valeixo saiu “a pedido”.

Na quinta-feira (23), Bolsonaro avisou a Moro que pretendia trocar o comando da PF. Moro disse então que deixaria o cargo se isso acontecesse.

®SISTEMA NATIVA DE COMUNICAÇÃO

© 2009-2020 RÁDIO NATIVA FM 99,5 - Todos Direitos Reservados. IMPERATRIZ-MA

((designer by AEHER))