Desculpe, não possível recuperar os dados no momento.

Fone(99) 3525-1636

ZAP(99) 99168-5235

Três pessoas morrem em queda de avião no oeste do Paraná

Um acidente aéreo no fim da tarde deste domingo (17) deixou três pessoas mortas em Cascavel, oeste do Paraná.

A aeronave caiu em uma mata no distrito de Espigão Azul, próximo a pista de um aeroporto privado.

O Corpo de Bombeiros e o helicóptero do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram deslocados para fazer o resgate das vítimas.

Adolescente é resgatada de helicóptero após se ferir no Pico do Marumbi
Na aeronave estavam quatro pessoas da mesma família. Uma mulher sobreviveu e foi encaminhada ao Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP).

De acordo com o médico Rodrigo Nicácio, ela apresentava politraumatismo generalizado grave.

Ainda não há informações sobre a identidade das vítimas da aeronave, de prefixo PT-JQZ.

Na última quinta-feira (14), um avião bimotor caiu na pista de um resort de luxo em Maraú, no sul da Bahia.

Morreram a jornalista e relações públicas Marcela Brandão Elias, 37, nora do decorador Jorge Elias, a irmã dela, Maysa Marques Mussi, 27, e o ex-piloto de Stock Car Tuka Rocha.

Além de Maysa e Marcela estavam a bordo do jatinho: Eduardo Elias (marido de Marcela), Eduardo (filho de 6 anos do casal), Marcelo Constantino (neto do empresário Nenê Constantino, fundador da Gol), Eduardo Mussi, Marie Cavelan, Fernando Oliveira e Aires Napoleão Guerra (piloto da aeronave).

Como funcionam as investigações de acidentes áereos no Brasil*

​Quem pode ajudar com informações?
– Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), com licenças e certificados
– Fabricante da aeronave, com dados sobre o avião
– Sindicatos e outras entidades de classe, com informações sobre as empresas aéreas

Qual é o protocolo seguido?
NSCA 3-13 (Norma do Sistema do Comando da Aeronáutica), que consiste em:

1) Cenipa forma uma comissão de investigação
2) Preserva o local e indícios
3) Verifica os danos causados à/pela aeronave
4) Coleta e confirma dados
5) Faz um exame detalhado imediatamente após as ações de resgate
6) Gravadores de voo são enviados o mais rápido possível ao Cenipa
7) Cenipa conclui o relatório final da investigação
8) Autoridade aeronáutica o aprova
9) Cenipa deve torná-lo público em sua página na internet

Quem faz o quê

O investigador
– Tem controle e acesso irrestrito à aeronave, aos destroços e a outros materiais, como gravadores de voo
– Deve estabelecer a coordenação com outros órgãos, como polícia, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Anac, Decea (Departamento de Controle do Espaço Aéreo), entre outros

A autoridade policial
– Deve isolar o local até a liberação pelas autoridades aeronáuticas e pelos agentes da perícia criminal

O operador ou proprietário da aeronave
– Deve prestar todas as informações e documentações solicitadas; se necessário, pode auxiliar na análise de dados

O Cenipa
– Deve fornecer informações relevantes às famílias e sobreviventes

O que acontece quando uma aeronave está desaparecida?
Assim que as buscas acabam, é iniciada uma investigação com os dados conhecidos. Se o avião não for encontrado 12 meses após a ocorrência, a investigação é concluída com os dados existentes

O que é a caixa preta?
É o conjunto de gravadores de áudio e de dados embarcados na aeronave e que em caso de acidente podem fornecer informações sobre o voo

O que é o gravador de voz?
É um dispositivo que capta e registra todos os áudios da cabine de uma aeronave. Com ele, pode-se saber, por exemplo, o que o piloto e o copiloto conversaram, o que o piloto disse à tripulação ou aos passageiros e até eventuais ruídos da aeronave que podem ser importantes na investigação de um acidente, como falhas mecânicas

O que o gravador de dados de voo registra?
A depender do modelo do avião, ele pode registrar dados técnicos como altitude, velocidade, pressão, aceleração, posição do avião, entre outros.

Fonte:Paraná Portal (Pedro Ribas / SMC)

®SISTEMA NATIVA DE COMUNICAÇÃO

© 2009-2020 RÁDIO NATIVA FM 99,5 - Todos Direitos Reservados. IMPERATRIZ-MA

((designer by AEHER))