Fone(99) 3525-1636

ZAP(99) 99168-5235

IMESC realiza pesquisa em municípios da Região tocantina

Técnicos do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (IMESC) realizaram uma diversificada gama de pesquisas em oito municípios que compõem as regiões do Tocantins Maranhense e Amazônia Maranhense.

Entre os municípios objeto de pesquisa estão Amarante do Maranhão, Campestre do Maranhão, Estreito, Lajeado Novo, Porto Franco e São João do Paraíso, incluídos na Região do Tocantins Maranhense e Açailândia e Buriticupu, municípios pertencentes à Região da Amazônia Maranhense.

A pesquisa tem, entre seus objetivos principais, catalogar os dados que serão divulgados e apresentados à sociedade civil via Enciclopédia dos Municípios Maranhenses, pontua o Prof. Dr. José Ribamar Trovão, pesquisador do IMESC e coordenador da equipe técnica.

“O objetivo principal desse trabalho é realizar um diagnóstico dos municípios que compõem estas regiões, resgatando os aspectos históricos culturais, geográficos, econômicos, turísticos e culturais de cada município, além de diversificadas particularidades de cada município”, analisa o professor.

Para o pesquisador, outro aspecto de grande relevância no estudo é a visita aos órgão públicos detentores de informações municipais. “Na ocasião, visitou-se o polo da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL) em Açailândia, no qual foram entregues exemplares de publicações das enciclopédias dos municípios maranhenses à biblioteca central”, acrescentou.

Os dados coletados em campo, conjuntamente com os demais dados coletados no mês de abril de 2018 e que completam a Região do Tocantins Maranhense, formado por 17 municípios, já estão sob análise e serão lançados conjuntamente com dados de outros órgãos que também possuem informações relevantes sobre os municípios maranhenses.

Posteriormente, serão publicadas as enciclopédias das regiões do Tocantins Maranhense e Amazônia Maranhense, no site do IMESC.

Regionalização

Fruto de uma força tarefa de pesquisadores do IMESC, o estudo sobre regionalização para o Maranhão, que organiza o Estado em 22 Regiões de Desenvolvimento, foi adotado pela Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento (Seplan), para a realização do OP 2019.

A proposta de Regionalização busca avançar um recorte das regiões maranhenses levando em consideração: hierarquia da dos centros urbanos, inter-relação dos eixos viários, identidades históricas, sociais e políticas, vocações e potencialidades econômicas, além das restrições e oportunidades ambientais nas regiões.

®SISTEMA NATIVA DE COMUNICAÇÃO

© 2009-2020 RÁDIO NATIVA FM 99,5 - Todos Direitos Reservados. IMPERATRIZ-MA

((designer by AEHER))