Fone(99) 3525-1636

ZAP(99) 99168-5235

Maranhão está na Bienal Internacional do Livro


O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas do Maranhão (SEBP-MA) foi convidado pela Secretaria de Cultura do Ceará (Secult) para participar da 13° Bienal Internacional do Livro do Ceará, que acontece entre os dias 16 e 25 de agosto, com o tema “A Cidade e os Livros”, no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza.

No dia 21, às 11h30, a coordenadora do SEBP-MA, Aline Nascimento, realizará a palestra “Panorama das Políticas Públicas do Livro, Leitura e Bibliotecas no Maranhão”, na qual será abordado o trabalho que a Biblioteca Pública Benedito Leite vem desenvolvendo na capital e sobre a Rede de Bibliotecas Faróis do Saber, programa do Governo do Estado.

Aline Nascimento relata que o convite é mais uma demonstração do prestígio que o Governo do Estado do Maranhão conquistou em relação às suas políticas públicas no País.

“É um reconhecimento do trabalho desenvolvido pelos projetos e políticas públicas do Governo Flávio Dino. Outros estados já nos convidaram também para compartilharmos informações e dar dicas do que fazer neste momento delicado que vivemos em âmbito nacional. Nosso trabalho é diferenciado. Estamos no caminho certo e sabemos que há muito ainda a fazer. O Maranhão vem na contramão do que está acontecendo em outros estados da federação — que estão fechando bibliotecas —, mostrando que é possível mudar a realidade do nosso povo através da educação e da cultura”, comenta a coordenadora.

Vale destacar que o único Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas convidado foi o do Maranhão, já que, atualmente, é referência nacional por diversos fatores: excelência em atividades educacionais, acessibilidade, acervo digital, trabalho de incentivo à leitura, preservação de acervo, democratização da informação e pela implementação e manutenção do sistema de bibliotecas Farol do Saber.

A coordenadora do SEBP-MA observa ainda que esse sucesso é fruto de muito trabalho, dedicação e diálogo. Dessa forma, os projetos fluem e quem ganha é a população.

“As secretarias dialogam, os profissionais e gestores são competentes e as ações e planejamento funcionam. É um diferencial que faz o trabalho dar certo. Por isso, as construções e revitalizações das bibliotecas acontecem de maneira rápida e eficiente. Recuperar essas estruturas é devolver dignidade e cidadania ao povo do Maranhão”, disse Aline Nascimento.

O Governo do Maranhão abriu 45 bibliotecas públicas, um recorde no Brasil. No próximo dia 22, abrirá mais uma: o Farol do Saber Caminho da Liberdade, localizado no Complexo de Pedrinhas. Até o final do ano, serão mais 10 bibliotecas abertas, atendendo todo o Estado do Maranhão.

A Biblioteca Pública Benedito Leite, por meio do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas, instituído em julho de 2017 pelo Governador Flávio Dino, já atendeu 182 municípios maranhenses, seja com doação de acervos, treinamentos, visitas técnicas, entre outras assistências.

®SISTEMA NATIVA DE COMUNICAÇÃO

© 2009-2020 RÁDIO NATIVA FM 99,5 - Todos Direitos Reservados. IMPERATRIZ-MA

((designer by AEHER))