Fone(99) 3525-1636

ZAP(99) 99168-5235

Consulte: Saques de R$ 500 do “FGTS e do PIS” começam em 13 de setembro: veja calendário

BRASÍLIA. A Caixa Econômica Federal divulgou nesta segunda-feira o cronograma do saque especial (R$ 500 por conta) do FGTS . De acordo com o calendário de pagamento, os correntistas da Caixa e que nasceram entre janeiro e abril serão os primeiros a serem beneficiados, podendo retirar o dinheiro a partir de 13 de setembro. O trabalhador já pode consultar valores de FGTS e cotas do PIS em site e aplicativos da Caixa .

Os nascidos em maio, junho, julho e agosto, poderão sacar parte do saldo a partir de 27 de setembro. Já quem nasceu nos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro poderá sacar o dinheiro depois do dia 9 de outubro.

Quem não tem conta na Caixa só vai poder sacar os recursos a partir de 18 de outubro. Os saques seguem até março, de acordo com a data de aniversário (veja abaixo).

O clientes da Caixa que tenham conta corrente aberta até 24 de julho (data de emissão da MP que permitiu novas modalidades de saque do FGTS) poderão solicitar ao banco o crédito em conta, na data prevista no cronograma.

O crédito automático, sem autorização prévia do trabalhador, só será feito se o trabalhador já tiver conta poupança, esclareceu a Caixa. Neste caso, os trabalhadores terão até abril de 2020 para pedir à Caixa para desfazer o crédito, caso não queiram retirar o dinheiro.

Segundo o banco, 33 milhões de cotistas poderão se beneficiar.

Bancos abrirão mais cedo e aos sábados
As agências da Caixa vão funcionar em esquema especial, durante o cronograma do saque do FGTS, em todo o país. Elas abrirão aos sábados imediatamente posteriores às datas do pagamento (programado para as sextas-feiras) e durante os dias úteis na semana seguinte.

No sábado, as agências vão funcionar das 09h às 16h. Durante a semana, o expediente vai começar duas horas mais cedo.

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que, se o movimento estiver “forte”, as agências poderão funcionar no segundo sábado subsequente à data do crédito. Não está previsto funcionamento das agências aos domingos.

Nas lotéricas, limite de R$ 100
Os trabalhadores também poderão recorrer às lotéricas, mas o valor do saque será limitado a R$ 100 para quem não tem o Cartão do Cidadão. Neste caso, será preciso apresentar a carteira de identidade e fazer o reconhecimento digital.

Também será preciso obedecer um cronograma, que vai de outubro de 2019 para nascidos em janeiro e fevereiro até março de 2020 (quem nasceu em dezembro).

O prazo se encerra em 31 de março de 2020. De acordo com a medida provisória (MP), que alterou as modalidades de saque do Fundo, nessa etapa, será permitido retirar até R$ 500 por conta vinculada, independentemente de ser ativa ou inativa.

A medida colocará nas mãos dos trabalhadores R$ 28 bilhões neste ano e mais R$ 12 bilhões em 2019. Foi adotada pela equipe econômica como uma forma de estimular a economia. A MP também cria um nova modalidade de saque, no mês de aniversário do trabalhador, quando ele optar por não retirar os recursos na demissão sem justa causa.

Fonte: ( Globo.com) Geralda Doca

®SISTEMA NATIVA DE COMUNICAÇÃO

© 2009-2020 RÁDIO NATIVA FM 99,5 - Todos Direitos Reservados. IMPERATRIZ-MA

((designer by AEHER))