Fone(99) 3525-1636

ZAP(99) 99168-5235

Empresas precisam se apoiar em Telecom para se preparar para o novo

Durante o segundo dia do Painel Telebrasil 2020, Carlos da Costa, Secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, falou do trabalho do Governo Federal no sentido de auxiliar empresas de telecomunicações a atravessarem a pandemia.

“O mundo não se baseia mais em capacidade, agora ele se baseia em ‘capabilidade’”, disse Carlos da Costa, Secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia. Durante o segundo dia do Painel Telebrasil 2020, nesta terça, 15/09, o representante do governo explicou que hoje o fundamental é ter capacidade de adaptação às novas demandas da economia.

Segundo Costa, desde o início da pandemia, o Governo Federal adotou cerca de 300 medidas em resposta a mais de mil pleitos do setor privado para ajudar as organizações a se adaptarem à nova realidade. “É fundamental que empresas e sociedade tenham capacidade de se preparar para o novo”, diz, destacando a aprovação do Novo Marco das Telecomunicações, em 2019, e a recente aprovação do novo decreto das antenas, anunciado este mês. “O decreto é fundamental para a continuidade da expansão das nossas telecomunicações”, afirmou. “Essas medidas vão destravar bilhões em investimentos no mercado brasileiro, agora com o imenso potencial da expansão do 4G e, mais para frente, do 5G.”

Em seu pronunciamento, Costa ainda reconheceu o trabalho das operadoras de telecomunicações nos últimos meses. “Mesmo em face à imensa demanda, elas trabalharam para que suas redes permanecessem estáveis e em operação”, disse. O secretário observou, no entanto, que as operadoras terão de manter investimentos, uma vez que a pandemia da Covid-19 levou empresas de todos os portes a darem enormes saltos em seus processos de digitalização. “Veremos, cada vez mais, o uso de tecnologia remota nas empresas, nas escolas, na medicina”, exemplificou.

Novas regulamentações

Costa também comentou que o Governo vem trabalhando no Marco Legal das Startups, cujo anúncio é esperado para as próximas semanas. O marco dá ênfase a questões relacionadas à indústria 4.0 em toda a economia. “Há uma série de regulamentações que devem acelerar a adoção de IoT, Inteligência Artificial, cloud computing, entre outras inovações”, afirmou, acrescentando que há trabalhos também no sentido de estabelecer uma regulamentação adequada para Inteligência Artificial no País.

5G

De acordo com Costa, a Sepec (Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade) vem trabalhando para que as empresas estejam habilitadas para receber a tecnologia 5G, tanto do ponto de vista tecnológico, quanto de questões relacionadas a carga tributária e capacitação profissional. “Vários ministérios estão trabalhando juntos para garantir que avancemos em 5G com segurança e custo de expansão controlado”, afirmou.

Costa citou uma parceria entre o Senai e mais de 1 milhão de empresas no Brasil para a capacitação de mão-de-obra. “O governo tem o compromisso com a modernidade, a transformação digital e o estabelecimento de um ambiente concorrencial seguro”, finalizou.

Os debates sobre diversos temas terão sequência ao longo desta terça-feira, 15, e nos dias 22 e 29 de setembro. As inscrições são gratuitas, e a programação completa do Painel pode ser acessada no site http://paineltelebrasil.org.br/.

®SISTEMA NATIVA DE COMUNICAÇÃO

© 2009-2020 RÁDIO NATIVA FM 99,5 - Todos Direitos Reservados. IMPERATRIZ-MA

((designer by AEHER))