Fone(99) 3525-1636

ZAP(99) 99168-5235

Para patrões e empregados: as medidas de Bolsonaro e o custo de estar desinformado

Uma crise extraordinária como a pandemia do novo coronavírus exige medidas extraordinárias. Sob a ótica da saúde, da segurança e, particularmente, do seu bolso.

Governos municipais, estaduais e federais estão tomando atitudes diversas para enfrentar a crise econômica. Muitas vezes batem cabeça (como no conflito entre governadores e o presidente Jair Bolsonaro sobre como deve ser o isolamento dos brasileiros).

Muitas vezes, voltam atrás (vide a decisão do presidente de cancelar a possibilidade de os contratos de trabalho serem suspensos por quatro meses, sem salário).

Cada decisão tomada neste momento, seja em Brasília ou na sua cidade ou estado, é fundamental para sua vida. Se os governos se atrapalham, imagina os jornalistas – e, mais além, as pessoas desesperadas por uma luz no fim do túnel.

Nós, do jornalismo, não temos a prepotência de querer dizer o que vai acontecer ao final da pandemia. Mas sabemos que, como todas as situações similares do passado, a Covid-19 terá um começo, um meio e um fim.

Nossa proposta é iluminar tudo o que esteja neste caminho. Com notícias em cima da hora e, principalmente, com a análise mais responsável possível sobre os fatos.

Neste momento de hiperinformação, mais do que receber notícias, é necessário compreendê-las. Nunca foi tão caro ficar desinformado. É hora de respeitar o seu trabalho, o seu dinheiro. Conte conosco nesta luta.

Por “Gazeta do Povo”

®SISTEMA NATIVA DE COMUNICAÇÃO

© 2009-2020 RÁDIO NATIVA FM 99,5 - Todos Direitos Reservados. IMPERATRIZ-MA

((designer by AEHER))