Fone(99) 3525-1636

ZAP(99) 99168-5235

Motor de foguete explode e mata cinco durante testes na Rússia

Base militar na pequena cidade de Nyonoska na região de Arkhangelsk, na Rússia

O motor de um foguete explodiu e matou cinco cientistas que trabalhavam em uma estação de testes na região de Arkhangelsk, na Rússia. De acordo com o jornal britânico “The Guardian”, o acidente fez com que as cidades vizinhas sofressem com aumento brusco de radiação – os níveis ficaram 20 vezes acima da média na primeira meia hora após a explosão.

David Cullen, diretor do Serviço de Informação Nuclear no Reino Unido, disse, hoje, que especialistas acreditam que a explosão pode ter sido causada pelo fracasso de um míssil de cruzeiro experimental conhecido na Rússia como o 9M730 Burevestnik. “Nossa suspeita é de que algo deu errado durante ou depois de um teste russo de seu míssil de cruzeiro movido a energia nuclear”, escreveu Jeffrey Lewis, especialista em controle de armas dos EUA no Middlebury Institute of International Studies.

Há divergências, no entanto, sobre qual atividade os cientistas estavam exercendo na estação de testes no momento do acidente: o Ministério da Defesa da Rússia disse à imprensa britânica que tratava-se do teste de um motor de foguete; enquanto a agência nuclear do país, a Rosatom, informou que seus funcionários foram mortos enquanto testavam fonte de isótopos em um sistema de propulsão líquida.

O míssil em questão foi anunciado pelo presidente russo, Vladimir Putin, em 2018. Segundo Putin, ele é capaz de usar uma fonte de combustível nuclear para aquecer o ar em movimento rápido e voar por períodos indefinidos.

Fonte: Uol

®SISTEMA NATIVA DE COMUNICAÇÃO

© 2009-2019 RÁDIO NATIVA FM 99,5 - Todos Direitos Reservados. IMPERATRIZ-MA

Designer by Por: